Formado em Técnico em Recursos Pesqueiros faz o que? E quanto ganha?

By Equipe Teia Livre

Se você está pensando em seguir carreira como em Recursos Pesqueiros, é natural que queira saber mais sobre as possibilidades de atuação e remuneração dessa profissão. O em Recursos Pesqueiros desempenha um papel fundamental na e preservação dos recursos aquáticos, atuando em diferentes áreas como aquicultura, pesca, conservação e ambiental. Neste artigo, vamos explorar as principais desempenhadas por um profissional formado em em Recursos Pesqueiros, bem como as faixas salariais praticadas no mercado de trabalho.

Quanto ganha um Técnico em recursos pesqueiros?

Um em Recursos Pesqueiros pode ganhar um salário médio de acordo com a e a experiência. Geralmente, o salário inicial pode variar entre R$ 1.500,00 e R$ 2.500,00, podendo aumentar com o de atuação e a especialização na área.

É importante ressaltar que o salário de um em Recursos Pesqueiros pode variar de acordo com o porte da empresa em que ele trabalha, bem como com a demanda e a valorização da profissão no mercado.

Além do salário fixo, um Técnico em Recursos Pesqueiros também pode receber benefícios como vale-alimentação, vale-transporte e plano de , dependendo da empresa em que atua.

Em geral, a profissão de Técnico em Recursos Pesqueiros oferece boas oportunidades de crescimento e desenvolvimento profissional, permitindo que o profissional possa aumentar seus ao longo da carreira.

O que faz um Técnico de recursos pesqueiros?

Um Técnico de Recursos Pesqueiros é responsável por realizar relacionadas à pesca, aquicultura e conservação de recursos naturais. Eles atuam no monitoramento e manejo de estoques pesqueiros, na realização de pesquisas e na aplicação de técnicas para a preservação da fauna aquática.

Além disso, o Técnico de Recursos Pesqueiros também pode atuar na e fiscalização de pesqueiras, no desenvolvimento de projetos de ambiental e na elaboração de relatórios técnicos sobre as condições dos recursos pesqueiros em determinada .

Este profissional pode trabalhar em órgãos públicos, empresas privadas, cooperativas, ONGs e instituições de ensino e . Sua atuação é fundamental para garantir a sustentabilidade das pesqueiras e a conservação dos ecossistemas aquáticos.

Os Técnicos de Recursos Pesqueiros também podem atuar como consultores ou empreendedores, oferecendo de manejo ambiental e desenvolvimento de projetos sustentáveis para o setor pesqueiro.

Em relação ao salário, um Técnico de Recursos Pesqueiros pode ganhar em média R$ 2.500,00 a R$ 4.500,00, dependendo da e do tipo de atuação profissional.

O que faz um Técnico de pesca?

Um Técnico em Recursos Pesqueiros é responsável por realizar relacionadas à pesca, como a organização e operação de equipamentos, a preparação de embarcações, o monitoramento de estoques pesqueiros, a coleta de dados e amostras, e a aplicação de técnicas de processamento e conservação de pescado. Além disso, o profissional pode atuar na orientação de pescadores, na de unidades de pesqueira e na implementação de medidas de preservação ambiental.

Um Técnico em Recursos Pesqueiros pode trabalhar em empresas de pesca, cooperativas, órgãos públicos, centros de , laboratórios e unidades de conservação ambiental. O salário de um Técnico em Recursos Pesqueiros pode variar de acordo com a e a experiência do profissional, mas a média salarial no é de R$ 2.500 a R$ 3.500 por mês.

O que é recursos pesqueiro?

Recursos pesqueiros se referem aos organismos aquáticos, como peixes, crustáceos e moluscos, que são capturados ou cultivados para alimentação, recreação ou fins comerciais. Esses recursos são fundamentais para a sustentabilidade da pesca e para a economia de muitas comunidades costeiras em todo o mundo.

Os recursos pesqueiros são gerenciados por meio de práticas de pesca sustentáveis, que visam garantir a conservação das espécies e a dos ecossistemas aquáticos. Isso inclui regulamentações sobre tamanhos mínimos de , cotas de pesca e áreas de proteção ambiental.

Os profissionais em Técnico em Recursos Pesqueiros desempenham um papel crucial no monitoramento e na desses recursos. Eles podem trabalhar em laboratórios, estações de pesquisa, parques aquáticos, fazendas de aquicultura, indústrias pesqueiras e governamentais relacionadas à pesca e conservação marinha.

Em relação ao salário, um Técnico em Recursos Pesqueiros pode ganhar uma média de R$ 2.500 a R$ 4.000 mensais, dependendo da experiência, do local de trabalho e do nível de responsabilidade.

Conclusão

Concluir um em recursos pesqueiros abre um leque de oportunidades para atuar no setor de pesca, aquicultura, gestão ambiental e pesquisa. Os profissionais nessa área podem trabalhar como técnicos de campo, analistas ambientais, gestores de projetos e até mesmo no da pesca. Quanto ao salário, varia de acordo com a e o cargo, mas a média salarial inicial gira em torno de R$ 1.500 a R$ 2.500, podendo chegar a valores mais altos com a experiência e especialização.

Como Técnico em Recursos Pesqueiros, o profissional formado possui um amplo conhecimento sobre a gestão e conservação dos recursos aquáticos, podendo atuar em diferentes áreas, como pesquisa, monitoramento e manejo de populações pesqueiras. Além disso, é responsável por orientar pescadores e comunidades locais sobre práticas sustentáveis de pesca.

Quanto ao salário, a remuneração de um Técnico em Recursos Pesqueiros pode variar de acordo com a região e o tipo de empresa em que atua. Em média, no , um profissional formado nessa área pode ganhar entre R$ 2.000,00 a R$ 4.000,00, mas esse valor pode ser maior em empresas privadas ou órgãos governamentais.

formado em tecnico em recursos pesqueiros faz o que e quanto ganha Formado em Técnico em Recursos Pesqueiros faz o que? E quanto ganha?
Formado em Técnico em Recursos Pesqueiros faz o que? E quanto ganha? 4

Classifique nosso conteúdo: quantas estrelas você dá para este artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 23658

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.



Se preferir, acesse pelo celular:

QR Code


Índice